Voluntárias somam forças com a Santa Casa

A  Santa Casa de Arapongas recebeu diversos tipo de colaboração seja em doações de dinheiro, de objetos e até de tempo como as 15 voluntárias que se dedicam há  quase quatro anos em ajudar a instituição.
As senhoras que se encontram semanalmente no piso superior do hospital, se dividem em tarefas e habilidades. Existem aquelas que são especialistas em costura, outras são melhores nos bordados ou ainda no crochê, mais ainda existem aquelas que aprendem com as companheiras uma nova função, como a voluntária Ana Kudlavies, que participa há um ano dos encontros e aprendeu a arte de bordar com a equipe.
Ana conta que trabalhava em um escritório e que após se aposentar resolveu ser  voluntária para ocupar seu tempo. “ No início foi difícil adaptar  a uma nova rotina, mais hoje já me acostumei com o novo ritmo”, afirma a voluntária que ainda acrescenta, “ Ser  voluntária me traz grande satisfação” , diz.
Na equipe de voluntárias ainda existem aquelas que vem para viver  a experiência da ação de se doar  e acabam gostando tanto que não pensam em sair mais. É o caso da voluntária Maria Trevisan Bordin, que doa seu tempo  à Santa Casa há três anos. Ela conta que trabalhou 45 anos como costureira e que quando ficou sabendo que o hospital estava aceitando voluntários, resolveu trazer sua experiência profissional para somar a entidade.  “ Descobri que se doar faz tão bem, que faço isso com o maior prazer”, conta a voluntária.
Maria diz ainda que se  tivesse mais tempo disponível dedicaria para o voluntariado. Ela ressalta que faz muito bem ajudar e saber que está sendo útil.
“ Estou feliz e realizada com o trabalho que faço. Na verdade acredito que todas as voluntárias sentem isso. À vezes chegamos aqui aborrecidas e saímos outra pessoa, muito melhor”, conta Maria.
As voluntárias tem um papel muito importante na Santa Casa, são elas que costuram as roupas de cama, os uniformes, fazem ainda bordados e crochê  que são vendidos no bazar, e todo o dinheiro arrecadado com a venda volta para o hospital como beneficio e para compra de alguns equipamentos.
Para o provedor da Santa Casa Elton Luiz Carvalho, a participação das voluntárias é importantíssimo e nos enche de orgulho. As voluntárias da Santa Casa se reúnem todas as tardes no hospital e quem se interessar e quiser participar é só ligar no telefone 3172-4500 e se informar